Axis Wellness Club

O que deve, realmente, levar em linha de conta quando escolher o seu ginásio de eleição

 

  1. Localização – Escolha o ginásio que mais se adeque à sua rotina diária. De preferência, deverá ficar a uma distância máxima de 5 a 15 minutos, do seu local de trabalho ou residência, com o meio de transporte que normalmente usa no seu quotidiano;
  2. Objetivo – Defina um objetivo a atingir. Quanto mais concreto for, maior a possibilidade de se comprometer a atingi-lo. Exº ter como objectivo manutenção geral vs. ter como objetivo perder  5 Kg até ao Verão,  ou conseguir vestir aquela roupa especial  para aquela ocasião especial.
  3. Treine com amigos/ familiares – quando temos pessoas que conhecemos à nossa volta, sentimo-nos mais confortáveis e seguros, e aumentamos a probabilidade de voltar no dia seguinte. Lembre-se ainda que os ginásios são espaços eminentemente sociais, pelo que caso se inscreva sozinho aproveite para fazer novas amizades; vão ajudá-lo(a) a manter-se no caminho certo!
  4. Escolha a melhor relação qualidade/ preço e não o preço mais baixo – hoje em dia com a tendência dos ginásios low-cost, pode existir uma maior propensão a escolher um espaço apenas porque é mais barato, não avaliando outras variáveis muito importantes para que se mantenha, a médio/longo prazo, num estilo de vida saudável, a saber:
    1. O espaço tem as modalidades/atividades que eu preciso e/ou gosto?
    2. Nas horas em que pretendo utilizar o espaço, é fácil estacionar, e consigo sempre praticar exercício de forma segura e confortável?
    3. Existe orientação profissional e acompanhamento técnico aos clientes? Essa orientação está incluída, ou terei que pagar mais? Questione sobre a experiência profissional e formação do staff técnico.
    4. A despesa da mensalidade inclui tudo aquilo de que preciso (acesso a balneários, duche, toalhas, cacifos, limpeza, orientação inicial, seguro desportivo, etc); faça as contas todas para uma escolha acertada.
    5. O espaço é agradável e faz-me ter vontade de voltar?
    6. Sinto-me bem recebido pelas pessoas que aí trabalham?
    7. Existe serviço de nutrição? O sucesso em programas de perda de peso e/ou tonificação, está muitas vezes associado a um bom equilíbrio enter exercício físico e alimentação;

Se as respostas  a todas as questões acima referidas forem do seu agrado, inscreva-se.

 

  1. Comprometa-se consigo! – existem espaços que trabalham com modalidades com e sem fidelização. Apesar de a própria palavra criar algum tipo de aversão (muitas vezes ligada aos (maus) exemplos das empresas de telecomunicações), nem sempre a melhor opção passa por uma escolha de uma modalidade sem fidelização. Lembre-se que quanto mais fácil for desistir, maior a probabilidade de o fazer. Por outro lado, os clubes que trabalham com fidelizações oferecem por vezes serviços ou incentivos que podem valer a pena aproveitar. Use a fidelização como um incentivo para adotar um estilo de vida saudável,  e não como uma obrigação. Se tem a certeza que a modalidade sem fidelização é a melhor para si, força. Mas já não pode dizer que não foi avisado
  2. Adira a uma modalidade que lhe permite mais do que uma atividade – se é verdade que pode ser mais barato aderir apenas a uma atividade, também não deixa de ser verdade que para manter-se motivado no seu novo estilo de vida, muitas vezes é boa ideia variar o seu treino, e promover novos estímulos para atingir o seu objetivo. Mais uma vez, o barato pode sair caro.
  3. Pague mensalmente – sabia que quem paga antecipadamente 6 ou 12 meses, frequenta com mais regularidade no 1º e 2º mês e que após esse período, a probabilidade de abandonar o treino é superior à de quem paga mensalmente? Pois é, parece que quando nos lembramos mensalmente do que pagamos, lembramo-nos também de treinar.
  4. Seja exigente! – se o serviço não lhe agrada, faça-o saber junto dos responsáveis do espaço. Muitas vezes (e se pagarmos pouco, podemos ter mais tendência a não o fazer) para além de não dar oportunidade de melhoria a quem gere o espaço, essa lacuna vai provavelmente ser a desculpa (de que não precisa) para não se manter no caminho certo, e levá-lo-á à desistência.
  5. Após tomar a decisão mantenha-se determinado e positivo – o exercício físico não produz resultados de um dia para o outro. Inicialmente a sensação que provoca é de dor muscular, e sentimo-nos frustrados por vermos que estávamos pior do que pensávamos (estamos sempre J ). Se for persistente, a médio prazo  os progressos serão evidentes, e perguntará a si próprio porque adiou tanto.

Não deixem de nos contactar, para saber mais informações: 258 847 555 (Viana do Castelo) ou 258 938 554 (Ponte de Lima) ou geral@axiswellness.pt ou clique aqui