Axis Wellness Club

O equilíbrio entre o treino aeróbico e anaeróbico

Apostar apenas em exercícios cardiovasculares (treino aeróbico), tem por base a crença que quanto mais suamos, mais resultados obteremos. No entanto, para obter melhores resultados, é essencial combinar treino aeróbico e anaeróbico.

O treino aeróbico ajuda a melhorar sua capacidade cardiovascular e queimar calorias. Mas o treino anaeróbico (também conhecido como treino de força) para além de estimular o metabolismo e queimar calorias mesmo após a sessão de exercícios, ajuda a definir e aumentar sua musculatura.  Deve, portanto,  evitar concentrar-se apenas em treino cardiovascular.

Encontrar o equilíbrio necessário entre exercícios cardiovasculares e de força afetará, seguramente, os resultados de seu treino.

• Se fizer apenas treino cardiovascular, poderá perder muito volume e não tonificar 

Dependendo de cada caso, recomenda-se dar mais ou menos prioridade ao exercício cardiovascular. Mas, em termos gerais, sessões de treino cardiovascular excessivamente longas podem reduzir a massa muscular. Portanto, é importante determinar a duração adequada do treino cardiovascular e adicionar exercícios anaeróbios na rotina de treino, com o objetivo de definir e aumentar a musculatura.

• O treino cardiovascular queima calorias, mas exercícios de força também!

Realizar uma atividade cardiovascular de forma prolongada ajuda a queimar calorias e melhorar sua capacidade respiratória e resistência. Mas, os exercícios de força também são uma ótima opção para queimar calorias, pois ativam o metabolismo e facilitam o gasto de energia, mesmo quando saímos de AXIS WELLNESS.

Fazer apenas exercício aeróbico pode tornar-se monótono, pelo que combiná-lo com exercícios anaeróbicos irá ajudar a adicionar maior dinamismo e variedade ao seu treino.

Em muitas ocasiões, tendemos a colocar os auscultadores, carregar a nossa playlist favorita, navegar na Internet ou ver televisão, e começamos a correr até cerca de 45 minutos se passarem. Sentimos, no final, que já cumprimos a nossa missão de ficar em forma. No entanto, a longo prazo, é provável que a monotonia apareça, que nos aborreçamos e que o exercício físico deixe de afetar nossa condição física (o organismo já se acostumou a essa rotina de treino).  Recomendamos , portanto, que de tempos em tempos, substitua a passadeira pela elíptica e adicione alguns exercícios anaeróbicos. A elíptica requer um envolvimento cardiorrespiratório moderado, protege as articulações por não ter impacto com o solo e permite combinar diferentes níveis de resistência e velocidade para proporcionar dinamismo ao treino. Após vários minutos nessa máquina, pode fazer um circuito através das máquinas da sala de musculação. Todos os dias pode concentrar-se num determinado grupo muscular. Por exemplo, um dia nas pernas, outro nos abdominais, outro nos braços e ombros, etc. Dedicar alguns minutos do seu treino a exercícios de força ajudará não só a tonificar e definir os seus músculos, mas contribuirá igualmente para um maior consumo energético.

• No AXIS WELLNESS temos várias aulas de grupo que pode utilizar para combinar o treino cardiovascular com o treino de força.

Experimente o Cross Training/ Boot Camp, onde em cada aula pode utilizar ferramentas variadas (TRX, Steps, Kettlebell, Slide, Battle Ropes, Viper, etc), utilizando o peso do seu próprio corpo (treino funcional), e com uma combinação equilibrada entre exercícios cardiovasculares e de força. Outras opções acertadas, passam pelo Body Pump, Localizada, GAP, e Body Circuit (combinação de Body Pump e RPM).  Se é apaixonado por cardio e adora frequentar as aulas de RPM ou simplesmente correr, mantenha uma vaga na sua rotina de treino para definir a sua musculatura na sala de musculação.

Consulte o professor de sala ou recorra ao seu personal trainer para lhe dar as orientações necessárias e aconselhá-lo sobre quais os exercícios mais recomendados de acordo com sua condição física e objetivos.

Encontramo-nos no AXIS WELLNESS!

Artigo revisto tecnicamente pelo Diretor Técnico do AXIS WELLNESS – Professor João Quesado